Adicionar por Snapcode


13 coisas que você aprende quando sai da casa dos seus pais

depositphotos_19098265_original

Se você não lembrar de comprar comida, não vai ter nada na geladeira. Nada mesmo. 

Não, chocolates e umas Smirnoff Ice não contam como “comprar comida”.

Você tem que faxinar toda semana. Se tentar ser rebelde e pular uma semana, vai se arrepender disso na próxima faxina.

O ferro de passar realmente era uma coisa útil, só você não percebia isso.

Você percebe que desenvolveu estranhos hábitos, como sair desligando as luzes da casa toda para economizar energia, e se pega pensando em coisas tensas, como “será que estou ficando como o meu pai?”

Você descobre coisas que nem sabia que existiam, tais como o “rodo de pia”. Sim, isso existe. E tem uma bela utilidade.

As pessoas começam a te presentear com panos de prato. Sem piedade, inclusive no Natal e no seu aniversário. O paninho de prato se torna aquela meia que você temia ganhar de presente quando era criança.

Suas sonecas da tarde de sábado sempre serão precedidas por um temor: “tô cheia de roupa estendida lá fora, se chover, ferrou”. E você vai perder a conta de quantas vezes vai pular da cama, e sair correndo, mesmo dormindo, ao ouvir a chuva começar, só para não estragar as roupas e ter de começar o processo de lavagem e secagem todo de novo.

Você descobre que IPTU, apesar de ser um imposto de uma propriedade predial, é de responsabilidade do trouxa locatário, não do dono do imóvel. E se você reclamar sobre essa aparente injustiça na imobiliária, eles vão te responder com uma risadinha, seguida de um olhar de “que tolinha…”.

A pia da cozinha entope com uma frequência impressionante. E, adivinha? Quem tem que desentupir ela, é você.

Por outro lado…

Você não precisa mais assistir ao jornal do almoço todo meio-dia (você pode ver séries com o computador em cima da mesa, sem ser julgado). 

Você não precisa mais sair da cama para almoçar cedo no domingo. Aliás, você não precisa mais ter hora para nada e descobre o quanto isso é fantástico.  

Resolver todo esse tipo de desafio doméstico exagerado citado acima e saber que seu salário suado dá conta de pagar todas as suas próprias despesas te dá uma sensação incrível de poder, de liberdade, de finalmente sou dono da minha própria vida. E, quando aprende isso, não consegue mais se imaginar voltando à sua vida antiga.

A todos que já saíram da casa dos pais, meus sinceros parabéns. Aos que estão pretendendo fazer isso em breve, vão com fé, que vai dar tudo certo.

“Welcome to the real world. It sucks. You’re gonna love it.”

(Monica Geller)

Level Cult Facebook